Imprimir esta página

Padrasto é preso por abusar sexualmente a enteada de 9 anos em Laranjal do Jari Destaque

By Jari Noticias Setembro 28, 2020 3807 0

Um homem, de 24 anos, foi preso preventivamente durante o final de semana no município de Laranjal do Jari, região sul do Amapá, após ter sido indiciado pelo crime de estupro de vulnerável. Segundo a polícia, ele vinha abusando sexualmente da enteada, de 9 anos.

De acordo com o delegado Aluísio Aragão, da Delegacia da Infância e Juventude de Laranjal do Jari, o investigado vivia com a mãe da criança há dois anos. No dia 23 deste mês a mãe da menina relatou que eles tomavam banho de rio quando percebeu o ato libidinoso. “Ao chegar em casa a mãe indagou a filha para ter certeza de que tinha presenciado o ato de abuso sexual. A criança, muito abalada, relatou o ocorrido, confirmando a suspeita. A vítima disse ainda que não foi a primeira vez, pois, era comum para o indiciado tocar as suas partes íntimas e esfregar o pênis em seu corpo”, destacou o delegado.

Ainda de acordo com o presidente do inquérito, o indiciado, demonstrando naturalidade e frieza, confessou as práticas e disse ainda que era a própria criança que o provocava e então, “caía na tentação carnal”.

Aluísio Aragão ainda revelou que o padrasto tem “grande propensão à prática de delitos dessa natureza”, o que justificou o pedido de prisão preventiva. Após a prisão ele foi transferido para Macapá onde passou por exame de corpo delito na Polícia Técnico-Científica (Politec) antes de ser levado ao Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

Imagens: Divulgação/PC

Avalie este item
(1 Votar)